O que você esta procurando?

FEISMA - Palestra Gratuita - SONNEN ENERGIA

Energia Solar: Investimento e economia Dia 18 de novembro de 2017 às 19h no auditório da FEISMA. (Vagas Limitadas)

Como conheceu a Sonnen Energia?
Rede SocialE-mail MarketingJornalPesquisa GoogleOutros

A importância da limpeza dos painéis solares

A importância da limpeza dos painéis solares

Quando se trata de limpar seu sistema fotovoltaico, o “porquê” é fácil. Qualquer coisa que bloqueie a luz solar do painel acaba reduzindo a eficiência do sistema fotovoltaico. O bloqueio da luz solar através de poeira ou outros agentes como excrementos de aves ou poluentes ambientais, resultará em uma diminuição na produção de energia.

Fontes indicam que uma camada difusa de poeira pode reduzir a absorção solar em torno de 5%. Os poluentes opacos como seiva, excrementos ou folhas que caem e aderem aos painéis podem reduzir a absorção em uma quantidade muito maior. É fácil imaginar o quanto você percebe que um céu nublado ou chuvoso pode reduzir a absorção solar em mais de 50%. A sujeira que bloqueia toda a luz incidente no painel pode ter um efeito ainda mais significativo.

 

A resposta para evitar tudo isso é simples. Mantenha seu sistema limpo e mantenha-o operacional com a máxima eficiência. Mas como isso pode ser realizado?

Ninguém quer que a limpeza de um sistema solar fotovoltaico se torne um “custo oculto” no planejamento do seu retorno de investimento no momento em que se adquire o sistema.

 

Dicas para limpeza de painéis solares de vidro

 

Desligue o sistema antes de começar a limpeza. Também é aconselhável limpar seus painéis a partir do solo, se possível. Uma escova macia de boa qualidade e um rodo com uma lâmina de plástico de um lado e uma esponja coberta de pano, por outro lado, juntamente com uma extensão longa, podem ser as ferramentas perfeitas, possibilitando que você permaneça no chão. Use uma mangueira com um bico adequado para permitir que a corrente de água atinja os painéis.

Caso a limpeza dos painéis a partir do solo não seja possível, não tente acessar seu telhado, a menos que você tenha o equipamento de segurança e o treinamento adequado. Caso contrário, contrate um profissional qualificado.

Limpe seus painéis solares em um dia nublado, no início da manhã ou à noite. Se o sol estiver batendo nos painéis, qualquer água utilizada pode evaporar rapidamente e a sujeira ficará manchada, dificultando a limpeza.

No início da manhã, pode ser um bom horário para a limpeza, pois o orvalho que se instalou nos painéis durante a noite provavelmente irá suavizar a sujeira; Isso significa que você precisará usar menos água e menos energia para limpar seus painéis solares.

Se os painéis estiverem secos, antes de aplicar água, remova os materiais soltos sobre os mesmos. Isso tornará a limpeza mais fácil e rápida.

Não use objetos metálicos ou produtos abrasivos agressivos para remoção da sujeira. Evite usar detergentes, se possível, pois podem manchar o vidro do painel. O uso de abrasivos também corre o risco de riscar os painéis.

Dada a natureza do vidro do painel solar ser de boa qualidade, água limpa e uma esponja coberta de pano grosso ou escova macia deve remover a sujeira mais persistente.

Pesquisadores de Stanford determinaram que, em qualquer ambiente em que uma chuva moderada ocorra em intervalos inferiores a 12 dias, as células geralmente não perderão mais de 3% de energia para detritos e ofuscamento solar. Claro, existem vários problemas com esse cenário experimental ideal. A precipitação pode não ocorrer com tanta frequência. Se assim for, pode levar consigo uma grande quantidade de poeira e poluentes.

Mesmo se a chuva estiver limpa e ocorrer em intervalos regulares, uma queda de 3% na capacidade de produção é, afinal, desperdiçada. Isso pode ser inaceitável para proprietários de sistemas solares que buscam a máxima eficiência.

Não importa o sistema de limpeza que você escolher para sua instalação solar. Certifique-se de usar um mecanismo ou processo que evite arranhar o vidro do painel e certifique-se de que nunca pise nos painéis enquanto realiza a limpeza.

 

Estudo de caso

 

A seguir é apresentado um estudo de caso em uma instalação de um sistema fotovoltaico residencial, cuja limpeza dos painéis nunca havia sido realizada. O sistema estava em operação havia dois anos. Para se ter uma ideia, os painéis estão instalados em uma telhado do tipo fibracimento, no segundo piso de uma casa localizada próximo a um posto de combustíveis e de uma mecânica de caminhões.

A imagem abaixo apresenta o acúmulo da sujeira sobre os painéis, o que pode ser facilmente observado a olho nú. Além dessa sujeira apresentar uma grande quantidade de poeira, também possui uma grande quantidade de fuligem de automóveis e caminhões.

O sistema desse cliente possui duas linhas de painéis com ligação independente no inversor. Primeiramente foi limpo apenas uma linha de painéis para se observar as perdas instantâneas entre a linha de painéis suja e a limpa.

A imagem abaixo apresenta as duas linhas onde se pode notar claramente a diferença entre a linha de painéis limpa e a que continua suja.

Após a limpeza de uma das linhas de painéis, foi tirada uma foto do display do inversor. O inversor utilizado nessa instalação é um de 5kW da B&B Power. Como ele possui duas entradas independentes que rastreiam o ponto de máxima potencia, facilita para se comparar a potencia instantânea de cada fileira para se avaliar as perdas causadas pela sujeira.

 

A imagem abaixo apresenta os valores de tensão e corrente para cada uma das duas fileiras. A fileira número 1 é a que permanece suja. A fileira 2 é a que já foi limpa.

Pode-se notar que a potencia da linha 1 é de 619.02 W. A potencia da linha 2 é de 968 W. Fazendo um comparativo entre as duas potencias geradas por cada linha (lembrando que as duas possuem painéis da mesma marca e modelo, instalados na mesma orientação e inclinação), chega-se a uma perda de 36,05% na linha em que não havia sido realizada uma limpeza.

Após alguns minutos da realização do primeiro teste e a limpeza dos demais painéis estar concluída, analisou-se novamente a potencia gerada por cada linha de painéis conforme apresenta a imagem abaixo. Pode-se constatar que a potencia da linha 1 é de 1157 W e a da linha 2 é de 1197 W. Sendo assim, a diferença entre a produção das duas linhas baixou para 3,34%. Um valor aceitável dentro da faixa de operação dos painéis.

Levando em consideração as perdas encontradas no sistema apresentado apenas pela sujeira acumulada sobre os vidros dos painéis, cujo montante alcançou um valor próximo de 40%, nota-se a importância de se fazer verificações preventivas para se avaliar a necessidade de limpeza dos mesmos. Uma simples limpeza pode resultar em um ganho significativo na produção de energia, e por consequência, um aumento no retorno do investimento.

 

 

 

Revisão

 

  • A sujeira em módulos solares, como poeira, pólen, fuligem, folhas, musgo, excremento de aves, etc., reduz consideravelmente a eficiência do seu sistema fotovoltaico;
  • A contaminação dificilmente pode ser reconhecida a olho nu, pois aparece primeiramente nas bordas dos painéis;
  • Dependendo da sujeira, possibilita o crescimento prejudicial de fungos
  • A chuva pode lavar a sujeira recente e fácil. Sujeiras mais densas necessitam de limpeza adicional.

 

 

Vantagens de se realizar a limpeza em painéis fotovoltaicos

 

  • Prevenção de redução de 5 a 40% no desempenho do sistema
  • Rendimento máximo constante de cada módulo
  • Maior expectativa de vida e, portanto, vida útil mais longa do seu sistema fotovoltaico
  • Maior segurança do seu investimento

 

Sem comentários
Deixe um comentário